Houve um tempo que para abrir uma conta no banco era necessário ir até ele com dezenas de documentos e papéis nas mãos. E não era só isso. Os potenciais clientes ainda precisavam de uma senha para atendimento, muitas vezes aguardando por horas até serem chamados.

Mas essa realidade mudou. E assim como nas contas físicas, essa mudança vem afetando as contas empresariais. 

A agonia de precisar aguardar horas para ser atendido acabou! Hoje é possível abrir uma conta no banco de forma gratuita e digital em menos de 5 minutos para Pessoa Física e sem burocracia. Você só tem que ter em mãos os documentos pessoais. 

Mas será que dá para abrir uma conta digital para sua empresa? 

Enquanto a tecnologia avança e se integra aos diferentes processos e serviços na nossa sociedade, muitos se perguntam se os bancos digitais para empresas estão preparados para suprir todas as necessidades organizacionais dos empreendimentos.

Abertura de conta para empresas em banco tradicional 

Há grande pressão para a transformação digital dos bancos. A opinião geral é de que o modelo de serviços do mercado financeiro está completamente desatualizado e dessincronizado com os outros setores da Indústria 4.0.

A tecnologia nunca foi tão influente na vida das pessoas como hoje. Dependemos dela para várias decisões ao longo do dia, escolhas como pedir comida, se locomover e diversos outros serviços dependem cada vez mais da internet e de aplicativos para existirem. 

Prova disso são as Food Techs de delivery, crescendo exponencialmente e sem previsão de diminuição do ritmo de expansão de seus negócios.

Por isso, os bancos que se mantém de maneira tradicional, sem inovação em processos e plataformas, podem enfrentar dificuldades e perdas. Desde a criação do cartão de crédito, o dinheiro já vem sendo gradativamente substituído por métodos de pagamento sem necessidade de papel-moeda em mãos. 

Hoje, com a segurança das transações bancárias totalmente digitais, é cada vez menos comum interagir com notas.

No caso da abertura de contas empresariais em bancos tradicionais, é necessário ir a uma agência com os documentos exigidos (que podem variar de acordo com a organização). Alguns dos mais comuns são:

  • CPF e RG do empreendedor;
  • CNPJ da empresa;
  • Comprovante de endereço.

Um dos pontos fortes dos bancos físicos está na segurança de dados. Por serem bancos formais e consolidados, o armazenamento de dados possui um servidor próprio capaz de suprir as necessidades do banco, tornando os procedimentos muito seguros e livres de ataques.

Por outro lado, as limitações na infraestrutura física dos locais, como as filas para falar com gerentes e atendentes, além do horário comercial reduzindo o tempo para resolver as demandas, acabam tornando a experiência lenta e muitas vezes repleta de ruídos. 

Outro ponto importante a se levar em consideração são as altas tarifas em transferências bancárias e saques.

Por isso, os empresários que buscam fugir da burocracia tradicional das instituições bancárias tendem a recorrer a bancos digitais.

bpo financeiro

Abertura de conta para empresas em banco digital 

Uma pesquisa realizada pela consultoria da Cantarino Brasileiro apontou que cerca de 54% dos clientes dos bancos físicos e tradicionais já pensaram em abrir uma conta digital. 

E a tendência é só aumentar. Tanto que muitos bancos já estão correndo atrás do tempo e mercado perdidos.

Outro ponto interessante de se observar neste novo mercado é que existem inúmeras alternativas de bancos digitais para agradar a cada público específico. 

Com isso, os bancos digitais surgem para derrubar as burocracias dos bancos tradicionais. A grande maioria dos bancos digitais possibilitam a abertura de conta de forma rápida e simplificada. No geral, você irá precisar de alguns documentos, como: 

  • CNPJ e Razão Social;
  • CPF do responsável;
  • Nome fantasia;
  • Endereço comercial e de correspondência;
  • Faturamento dos últimos 12 meses ou previsão de faturamento.

Para ver a lista completa dos documentos que o Banco Inter solicita clique aqui

É possível abrir conta empresarial no banco digital?

É possível sim! Na maioria dos casos, para abrir uma conta digital PJ é necessário que o sócio ou dono da empresa tenha uma conta física junto ao banco digital.

Caso você mantenha a conta pessoal movimentada constantemente, os bancos digitais perceberão que você tem interação com o banco, facilitando a abertura da conta PJ. 

O que está incluso na conta digital para Pessoa Jurídica?

O banco digital para empresa permite realizar operações assim como em um banco tradicional. Uma das grandes diferenças é que o atendimento geralmente é realizado através de aplicativos, chat online, e-mail ou telefone. 

Isso elimina a necessidade de deslocamento para resolver problemas, mas também pode criar problemas em caso de alta demanda nas linhas de atendimento.

A conta digital para PJ, segundo o Banco Inter (uma das principais instituições a oferecer o serviço) inclui: 

  • 100 TEDs gratuitas por mês;
  • Cartão Mastercard para compras no débito;
  • Maquininha de cartão com taxas exclusivas para cliente Banco Inter;
  • Convênio com as principais máquinas de cartão, para recebimento de suas vendas no crédito e no débito;
  • Extratos por período – PDF, OFX e CSV.

Para ver a lista completa dos documentos clique aqui. 

As empresas estão seguras em bancos digitais? 

Muitas empresas ainda demonstram receio quando falamos em contas empresariais em bancos digitais.

Compreendemos que não é fácil colocar sua empresa nas mãos de um banco que muitas vezes não possui um local físico para consultar em caso de emergência. Mas uma das grandes propostas dos bancos digitais é entregar confiança e soluções ágeis. 

Além disso, muitos outros aspectos de nossas vidas já estão conectados a pagamentos e serviços financeiros digitais. Basta pensar que os aplicativos de comida, locomoção e serviços já exigem conexão com instituições bancárias em algum nível.

Então, se já estamos neste nível de integração, por que não adotarmos um modelo completamente digital? É claro que devemos tomar as medidas necessárias para garantir a segurança dos investimentos e do caixa do negócio. 

Ninguém está dizendo para abrir a conta no primeiro banco digital que aparecer na sua frente. Para evitar problemas, opte sempre pelos bancos com o FGC (Fundo Garantidor de Créditos) ligado à instituição bancária. Caso o banco venha a quebrar ou declarar falência, o FGC garante até R$ 250.000,00 por pessoa. 

Vale a pena migrar do Banco Tradicional para o Banco Digital? 

Então, vale a pena migrar do banco tradicional para o banco digital? Essa dúvida surge constantemente na cabeça dos empresários. E a resposta, assim como para todas as outras questões complexas na administração de empresas, é que depende.

Nos dias de hoje as pessoas estão cada vez mais sem tempo para realizar as tarefas do dia a dia. Então, no que você puder reduzir o gasto de tempo nos processos financeiros da sua empresa para utilizá-lo de forma mais produtiva, terá uma vantagem competitiva. 

Com isso em mente, imagine se você é uma pessoa que prefere resolver os seus problemas numa instituição financeira física, falando diretamente com uma pessoa, ou se prefere resolver pelo telefone mesmo, já que os bancos digitais não têm endereço físico para atendimento. 

Se você não tem problemas com isso, a conta digital será uma mudança positiva na sua empresa.  Por outro lado, é necessário que os colaboradores da sua empresa sejam aprovados para movimentar o dinheiro, o que por muitas vezes pode não acontecer.

banco digital para empresa

De modo geral, as contas digitais estão vindo para solucionar os maiores problemas dos seus clientes, essas contas estão buscando inovações que facilitem a vida das pessoas. 

O que possibilitou esse avanço bancário foi a tecnologia. Hoje você consegue abrir sua conta digital em minutos, de qualquer lugar, a qualquer hora, sem burocracia e processos complexos. 

Esse novo cenário bancário promete se firmar cada vez mais e conquistar as pessoas de forma interativa. As pessoas querem ser tratadas de maneira especial e os bancos digitais entenderam isso muito bem. 

Eles foram capazes de mapear as suas maiores dores de cabeça e procuraram solucionar de forma mais dinâmica, através de uma experiência bancária positiva. 

Abraço do time Marbo Contábil!