Marbo Contábil
Pessoal

5 dicas para reduzir impostos da sua empresa de forma legal.

Não é novidade para ninguém a quantidade de impostos que são cobrados e pagos pela população. É importante destacar que cerca de 38% da economia nacional está destinada ao pagamento de impostos e eles estão embutidos em tudo o que adquirimos ou utilizamos. As contribuições, taxas e impostos estão diretamente ligadas a prestação de algum serviço público (federal, estadual ou municipal). 

A maioria dos brasileiros não tem noção do valor que paga aos cofres públicos, e para os empresários, isso se torna ainda mais difícil. Por isso, a importância de estudar maneiras de reduzir impostos para que esse impacto não seja tão grande. Pensando nisso, nós preparamos um conteúdo para apresentar algumas maneiras de reduzir a cobrança de impostos da sua empresa, sem deixar de manter as obrigações em dia. Veja a seguir:

Como são distribuídos os impostos e para que servem?

Parte dos recursos arrecadados pelos impostos é repassado para os Estados e Municípios, para que eles possam pagar as despesas da própria máquina pública e oferecer a estrutura necessária para a população em diversos âmbitos, como na saúde, educação, cultura, lazer, entre outros. 

Além disso, há uma série de leis complementares federais para regulamentar a cobrança de impostos, contribuições e taxas. Estados e municípios também têm regras próprias para os impostos de sua responsabilidade. Para que isso realmente funcione, é preciso que haja uma boa administração da renda arrecadada.

Teoricamente, tudo o que o Estado proporciona para a população têm um custo, como citamos anteriormente em nosso blog, existem 3 tipos de impostos: estaduais, municipais e federais, ambos com suas características independentes que são responsáveis por manter as máquinas públicas funcionando. 

Veja nosso conteúdo: Conheça os impostos federais, estaduais e municipais.

5 dicas para ajudar a reduzir a carga tributária na sua empresa.

O sistema brasileiro é altamente complexo, porém, não há como fugir disso, pois todo negócio precisa pagar impostos e lidar com a carga tributária. Por isso, é necessário entender as possibilidades de reduzir e ponderar os pagamentos de impostos. Veja as 5 dicas que preparamos para você aplicar em sua empresa:

  1. Entenda a especificidade de cada regime tributário.

Em primeiro lugar, é necessário entender cada tipo de regime tributário existente no Brasil. Conhecendo a fundo a especificidade de cada um dos 3 regimes de tributação existentes, é possível saber quais as taxas que incidem, e também qual deles é mais vantajoso para a sua realidade, reduzindo assim o longo prazo o pagamento de alguns impostos. 

  1. Fique atento aos créditos e incentivos fiscais. 

Algumas ações do Governo também diminuem os valores que são pagos de impostos, os incentivos fiscais, como exemplo,  contribuem consideravelmente para a redução do impacto da carga tributária. Você deve analisar as legislações federais, estaduais e municipais e descobrir se existe algo específico para a sua atividade com a intenção de reduzir tais impactos. 

  1. Faça um planejamento tributário.

Outro passo importante é o planejamento tributário, que pode ser definido como um conjunto de estratégias, ações e estudos elaborados com o objetivo de reduzir a carga tributária de uma empresa de forma totalmente legal. O planejamento tributário é um estudo técnico realizado por um profissional capacitado que conhece muito bem a legislação e as possibilidades de tributação para o seu negócio. 

  1. Realize investimentos em bens do ativo permanente

Sempre que a organização adquire ganho de capital, esse valor é mensurado e taxado pelo Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ). Porém, é possível reduzir e até isentar a quantia paga se forem feitos investimentos que tenham custos semelhantes. É preciso se programar para que você consiga pagar menos impostos. 

  1. Peça ajuda profissional. 

Um dos principais alicerces de uma empresa é a contabilidade, isso porque esse profissional tem todo um conhecimento sobre a legislação tributária. Um bom contador que tenha conhecimento da legislação fiscal, além das normas contábeis, e seja especialista nesse mercado, irá buscar os melhores cenários no que diz respeito à carga tributária e tributação.

Acesse: O que é planejamento tributário e qual a sua finalidade? 

Qual a importância de conhecer e recolher os impostos corretamente?

É certo que o recolhimento de impostos feito de maneira correta é importante para todas as empresas, e estar em ordem com a maneira correta de mensurar os impostos é essencial para a companhia poder continuar funcionando plenamente. Como vimos neste blog, existem algumas formas de reduzir a alta taxa no pagamento de impostos, basta que seja aplicado para a sua realidade. 

Para enfatizar, as organizações também podem aproveitar de benefícios quando realizam o recolhimento de forma adequada, como: redução da carga tributária; maior probabilidade de sobrevivência e sucesso da empresa; proteção contra multas e autuações, redução com custos fiscais, entre outros. A melhor estratégia é lidar com meios legais de pagar menos impostos. 

Sabemos que não dá para fugir dos impostos, principalmente quando falamos de empresas, portanto, a empresa que não está em dia com o pagamento dos seus impostos, pode, além de ser obrigada a recolhê-los posteriormente, pagar multas e sofrer bloqueios.  Se essa for a sua necessidade, solicite apoio de um profissional de contabilidade e recolha os impostos corretamente. 

Veja também o nosso conteúdo:  Os tipos de planejamento tributário e sua importância para uma empresa. 

Caso tenha alguma dúvida referente ao assunto, nos envie uma mensagem por esse link. Nossos consultores estarão prontos para atender você e tirar todas as suas dúvidas!

Equipe Marbo.

Related posts

Quais são os riscos de vender sem nota fiscal?

Amanda Carrijo
3 meses ago

Quais critérios avaliar na hora de escolher uma contabilidade?

Maria Eduarda
7 meses ago

Passo a passo de como registrar um funcionário

Marbo
2 anos ago
Sair da versão mobile