O 13º salário é um benefício que deve ser pago, sem atrasos, aos colaboradores da sua empresa, além da necessidade de ser pago em dia, ele também deve ser entregue na quantidade correta. Sabendo disso, é fundamental se planejar com antecedência para manter as suas responsabilidades com a equipe e, ainda, manter a saúde financeira da organização.

Para manter a saúde financeira e organização da empresa em dias, é importante contar com a ajuda da provisão financeira. Como explicamos de forma mais completa no blog anterior, a provisão pode ser considerada uma reserva que a empresa precisa ter para pagamento de “dívidas” futuras. Neste blog abordaremos sobre provisão trabalhista para realizar o pagamento de 13º salário, fique por aqui e confira:

O que preciso ter para desenvolver um bom modelo de provisão?

O provisionamento, também conhecido como planejamento tributário, é utilizado para organizar e alinhar as políticas de uma empresa aos direitos trabalhistas e previdenciários, previstos pela CLT. Precisa ficar claro que a maior vantagem da provisão dentro de uma empresa é contribuir com a diminuição do impacto de pagamento das verbas no fim de ano, de maneira totalmente regular. A partir do que foi dito, a provisão deve conter uma análise completa que inclui uma  simulação de vários cenários, cabendo ajuste do valor provisionado nos meses anteriores em virtude de reajustes salariais. 

Um bom modelo de provisão deve levar em consideração aspectos básicos para a inclusão no cálculo e cada tipo de negócio deverá ter uma planilha com as provisões aplicáveis. De forma detalhada, uma boa provisão deve começar obtendo dados financeiros para analisar a previsão de faturamento, eles devem constar no mapeamento para construção da projeção de faturamento. Após, é importante considerar e analisar os objetivos financeiros da empresa e avaliar o fluxo de caixa, considerando previsão de fluxo e custos fixos e variáveis. 

Como você está vendo neste artigo, a previsão de faturamento isolada não é uma resposta suficiente para nenhuma empresa, isso porque toda empresa tem dois lados que andam juntos: receitas e despesas. A projeção de fluxo de caixa em conjunto com a previsão de faturamento oferece uma visão muito mais estratégica do negócio e a capacidade de crescimento. 

Veja o conteúdo que preparamos: Você sabe quanto custa um funcionário?

Como realizar o cálculo das provisão para pagamento de 13º?

É muito comum o pagamento de férias e 13º salário de uma vez aos funcionários, por isso é preciso saber como é feito o cálculo para se preparar para esse pagamento. No caso do pagamento obrigatório de 13º salário, a provisão é calculada na base de 1/12 da remuneração dos empregados que tiverem trabalhado no mínimo quinze dias no mês, como vimos, um modelo de provisão será essencial para que a contabilidade da empresa seja saudável e prudente. 

De forma mais clara, o 13º salário é pago geralmente nos meses de Novembro e Dezembro de cada ano, porém a origem do valor do décimo terceiro, vai se acumulando mês a mês até o efetivo pagamento em Novembro e Dezembro, ou seja, esta parcela de um doze avos, deve ser registrada na competência do mês que gerou esta obrigação de pagamento, e não no mês do efetivo pagamento.

O 13º salário é pago em duas parcelas: a primeira até 30 de Novembro, e a outra, até 20 de Dezembro. Mas muita gente se confunde e acaba gastando mais porque acha que as duas parcelas são iguais. A primeira parcela é maior, porque vem integral, sem nenhum desconto. Já a segunda tem um valor bem menor, pois os encargos são debitados ali, como Previdência Social e Imposto de Renda.

O cálculo é bem simples, você divide o seu salário integral por 12 e depois multiplica o resultado pelo número de meses trabalhados (durante o ano). As horas extras, adicionais de insalubridade e noturno e as comissões também entram no cálculo da gratificação. Por exemplo, se um funcionário tiver salário fixo de R $1.500 e trabalhou 10 meses em 2021, a conta será: 1.500 / 12 = 125 x 10 = 1.250. Ou seja, o 13º devido nesse caso será de R $1.250,00.

Não deixe de ver nosso conteúdo: 5 Dicas para a gestão de fluxo de caixa na sua empresa.

Por que é importante fazer o provisionamento?

O provisionamento é fundamental para assegurar a transparência financeira das empresas e mensurar valores que precisam ser pagos, permite também registrar todos os dados e acontecimentos necessários para a avaliação do patrimônio atual da organização. Sem contar que sem o provisionamento, é muito difícil saber quanto a empresa pode investir em tais atividades, o que dificulta a execução de uma série de atividades importantes. 

As estimativas de provisionamento ajudam também na definição de estratégias e ações para todos os departamentos da empresa, como setor de vendas, marketing, importações, aquisição de novos equipamentos, contratação de novos funcionários, etc. Dessa forma, uma gestão financeira eficiente e correta precisa levar em consideração e aplicar de forma adequada um completo modelo de provisão para a empresa.

Como todas as obrigações trabalhistas têm prazos para serem cumpridos e pagos, sua empresa deverá sempre estar preparada para não ser pega de surpresa com um custo inesperado. Nós esperamos que esse conteúdo tenha sido útil para você!

Caso tenha alguma dúvida referente ao assunto, nos envie uma mensagem por esse link. Nossos consultores estarão prontos para atender você e tirar todas as suas dúvidas!

Clique e veja o conteúdo que preparamos: Entenda o que é provisão trabalhista e porquê ela é fundamental no seu planejamento. 

Equipe Marbo. 🧡