advice-advise-advisor-business-7075

 

Uma boa gestão de fornecedores deve ser construída com base em relações de confiabilidade, comprometimento e clareza nas negociações, para que ambas as partes consigam extrair benefícios para si.

Isto pode se tornar possível através de alguns procedimentos e iniciativas simples. O objetivo deste artigo é apresentá-las a você. Confira abaixo:

O que você irá ler:

  • O que é gestão de fornecedores?
  • Qual a importância da gestão de fornecedores?
  • Como escolher seus fornecedores de forma estratégica?
  • Dicas importantes
  • Conclusão

O que é gestão de fornecedores?

O gerenciamento de fornecedores compreende o ato de reconhecer, adquirir e administrar o relacionamento com a pessoa e/ou empresa. Ou seja, aqueles que provém produtos e recursos substanciais à uma organização e, com isso, viabiliza o cumprimento de suas atividades.

Esse gerenciamento tem como principais finalidades:

  • Reduzir custos;
  • Adquirir produtos e recursos de forma eficiente;
  • Estabelecer relações confiáveis com fornecedores;
  • Reunir dados e informações que podem ser utilizados como base no processo de tomada de decisão;
  • Entre outros.

Tudo isso influencia diretamente na forma com que a empresa lucra, pois conforme são estabelecidos modos efetivos de gestão de recursos, a empresa pode otimizar a sua produtividade e reduzir custos operacionais essenciais.

Qual a importância da gestão de fornecedores?

Acima de tudo, realizar a gestão de fornecedores já faz parte das estratégias de muitas empresas e o porquê disso fica bastante claro quando nos dedicamos a observar quais são os benefícios que ela pode proporcionar a um negócio.

À medida que você gerencia o relacionamento e os processos que envolvem os seus fornecedores, de forma estratégica e contínua, diversas vantagens no mundo empresarial vão surgindo, como:

  • Maior vantagem competitiva no mercado;
  • Preços reduzidos;
  • Melhores condições nas negociações;
  • Redução das variações de preços de produtos ou serviços;
  • Entendimento avançado da cadeia de suprimentos;
  • Maior segurança diante do estabelecimento de prazos;
  • Entre outras.

Sendo assim, para as empresas que realizam esse gerenciamento, o mesmo possui uma grande importância.

Caso a gestão de fornecedores, também conhecida como Supplier Relationship Management ou SRM, não esteja sendo pautada dentro da sua empresa, fique ciente de que você pode estar perdendo uma grande oportunidade!

Quer ajuda para fazer o seu negócio crescer?

gestão de fornecedores

Como escolher seus fornecedores de forma estratégica?

Para escolher fornecedores da melhor forma possível, é preciso estabelecer critérios e pesquisas para analisá-los, sempre tendo como base os pontos e características que são mais interessantes para a sua empresa.

Nesse sentido, esse processo de escolha pode variar conforme a realidade de cada negócio. Então não podemos dizer que existe uma receita pronta e acabada para isso.

Porém, apesar dessas diferenciações, há alguns critérios que são comuns entre as empresas e é importante que você os leve em consideração quando for escolher seus próprios fornecedores. São eles:

  • Qualidade do serviço oferecido;
  • Cumprimento de prazos;
  • Disponibilidade dos materiais ou insumos que você precisa;
  • Flexibilidade à mudanças referentes a quantificações e prazos;
  • Precificação coerente com a do mercado.

Se estiver pensando em pôr em prática a gestão de fornecedores, provavelmente você irá usar algum desses critérios.

Fora isso, você também precisará do auxílio de outros fatores adjacentes e específicos para o seu negócio como, por exemplo, localização, tempo de experiência, facilidade de comunicação e respeito às normas de segurança do fornecedor em questão.

Então, planeje, pesquise e esteja preparado para lidar com muitos questionários e negociações!

planejamento-financeiro

⭐ Dicas importantes

Assim como qualquer outra atividade no ramo empresarial, comprar e contratar demanda esforço e estratégia. Ainda mais depois que você decide implementar a gestão de fornecedor em seu negócio. Mas, não se preocupe. Nós da Marbo separamos algumas dicas que irão te ajudar e facilitar o andamento desse processo.

Organize seus processos internos

Portanto, o gerenciamento exige organização interna. Sendo assim, você precisa definir como funciona a rotina da sua empresa, demandas, e em quais períodos é necessário o alocamento de recursos, quando é preciso comprar, etc. Pois, sem isso definido, você não consegue cumprir com as suas obrigações diante do relacionamento com seus fornecedores.

Por exemplo, se você for desorganizado e não estabelecer com clareza seus pedidos e prazos, mesmo que seu fornecedor seja pontual, ele não estará disposto a cumprir com suas exigências devido a falta de ajustes e aprimoramento de processos.

Por isso, fique atento e defina corretamente as suas rotinas administrativas.

Elabore um planejamento

Planejamento é a chave de tudo. E quando falamos de gestão de fornecedores isso não poderia ser diferente.

É o planejamento que irá nortear pessoas e recursos do modo mais estratégico possível, a fim de que os objetivos traçados sejam atingidos. Portanto, dedique-se a formular o seu com bastante cautela, levando em consideração os principais nesse gerenciamento: você, sua equipe e seus fornecedores.

Pense em prazos, metas, responsabilidades, elabore e depois informe sobre o que será cobrado. Mas, lembre-se! Para isso você também precisará estruturar e visualizar bem os seus processos internos, o que já foi bem explicitado na primeira dica.

Estabeleça uma comunicação eficaz

A comunicação é essencial para a construção de relacionamentos saudáveis e eficientes. Sendo assim, faça com que as informações entre você e seu fornecedor circulem de forma harmoniosa. Com isso, você evita ter desentendimentos, ruídos ou erros quando enviar pedidos ou efetuar compras.

É importante que você faça uso de ferramentas que permitam que essa comunicação ocorra tanto de forma interna como externa. E que também proporcionem agilidade e compartilhamento de documentações importantes.

Preze por bons relacionamentos com os seus fornecedores

A construção de bons relacionamentos com o seu fornecedor se baseia no fato de que é preciso estabelecer novas alternativas de contato e convívio, diferentes daquelas mecanizadas presentes nos antigos processos de compras.

Ou seja, a forma com que você interage com ele deve ser distinta daquela com alto teor logístico que visa apenas suprir a demanda de recursos existente.

Gerenciar fornecedores também abarca o gerenciamento de pessoas, processos comunicativos e a confiança atribuída ao ramo de negócios.

Sendo assim, traga para as suas operações aspectos que auxiliem a consolidação de um relacionamento duradouro, no qual ambas as partes possam usufruir de benefícios.

Monitore e analise os custos

Para obter bons resultados tendo uma relação custo-benefício favorável ao seu negócio, é preciso bastante pesquisa, análise e monitoramento do mercado. Pois, assim, você irá conseguir perceber se está tendo melhores condições, ou não, com os seus fornecedores atuais.

Caso você não realize essa análise de custo, correrá um sério risco de ter prejuízo perante os valores dos seus produtos ou serviços.

Além disso, não deixe de considerar a importância da relação entre o fator custo e a qualidade, pois isso também pode interferir na lucratividade do seu negócio.

6) Designe um responsável para a gestão

É interessante que exista um profissional dentro da empresa para ser responsável pela gestão de fornecedores.

Uma atividade empresarial com uma pessoa ou equipe para lidar exclusivamente com ela tem muito mais chances de transcorrer sem erros, abandonos ou atrasos.

Geralmente, quem é designado para essa função é algum integrante do departamento de compras, já que este setor realiza a aquisição de materiais e mercadorias junto a fornecedores de forma sistematizada. E essa função pode impactar diretamente o cotidiano de uma empresa.

Conclusão

Os fornecedores são uma parte crucial para a sobrevivência de um negócio. Portanto, a relação entre uma empresa e eles precisa ser gerida de forma estratégica e clara, a fim de se obter boas negociações, recursos e flexibilidade.

É fundamental contar com bastante planejamento, organização, análise e pesquisa para que isso se torne possível.

Esperamos que este artigo tenha te ajudado a entender o que é gestão de fornecedores e como você pode aplicá-la dentro da sua empresa. Afinal, ela é pode ser um fator primordial para que o seu empreendimento cresça.

Caso tenha ficado com alguma dúvida, não hesite em falar conosco. Estamos prontos para te ajudar!

Leia mais sobre assuntos que irão te ajudar no nosso blog clicando aqui.