A parceria do empresário com o contador é muito grande, pois o contador cuida de partes importantes de uma empresa, burocracia. Por isso a troca de contador não é fácil e requer tempo e organização. Pode ser um processo demorado porém se seguir alguns passos que são essenciais, você conseguirá sair sem dores de cabeça e sem prejuízos. Esse artigo apresenta os passos necessários antes da alteração como Reler contrato, Aviso e Carta de dispensa, logo após é apresentado os passos essenciais, após a troca de contador, como a Carta de Transferência, Novo contrato, Repasse das informações e o levantamento das possíveis irregularidades ocorridas na contabilidade anterior.

Você sabia que é possível mudar de contador? A mudança de contador não é fácil, porém, às vezes é a única solução, É um direito de todo empresário e inclusive, está previsto no Código de Defesa do Consumidor.

Mudança de contador

Antes de rescindir o contrato com o seu atual escritório, a empresa deve se atentar para algumas questões. O processo de transferência é simples devendo apenas comunicar com antecedência o atual escritório sobre a rescisão do contrato.

Nesse artigo você verá:

  1. Antes da mudança de contabilidade;
  2. Observação;
  3. Depois da mudança de contabilidade;
  4. Documentações necessárias para alteração.

Antes da mudança de contabilidade

1° Releia o Contrato de prestação de serviço atual

É importante que se observe no contrato de prestação de serviços, se existe alguma cláusula que prevê multa por rescisão de contrato fora do prazo estipulado. Neste caso, o empresário que quiser mudar de contabilidade deverá pagar a multa pelo encerramento do contrato.

2º Comunique sobre a mudança ao antigo contador

Além de uma boa prática empresarial, se você quiser mudar de contador, é importante que se faça um comunicado de desligamento para o antigo contador ou escritório, deixando claro quando será o início do contrato com o novo escritório, o nome do escritório e o CRC do novo profissional responsável. Normalmente, o prazo para que o seu contador possa reunir toda a documentação é de um mês.

Mudança de contador

3° Carta de dispensa de contador

Assim que o comunicado for entregue ao seu antigo contador, ele deverá enviar o distrato de prestação de serviços.

Nele consta as informações sobre:

  • Obrigações realizadas;
  • Entregas de documentos;
  • Obrigações que escritório ainda será responsável, considerando a competência dos serviços.

Observação: Existem ainda algumas obrigações que o antigo contador deverá cumprir. Como é o caso da Escrituração Contábil Digital (ECD). Essa obrigação enviada em determinado ano é referente às informações do ano anterior. Por isso, pode ser que a declaração seja entregue pelos dois profissionais.

Depois da mudança de contador

1º Carta de transferência de contador

Para que seja formalizado a transferência para o novo escritório de contabilidade é preciso preencher o termo de transferência de responsabilidade técnica. Normalmente, isto compete aos escritórios de contabilidade e não exige interação com a empresa transferida.

2º Novo contrato de prestação de serviço

Depois de formalizado a transferência para o novo escritório de contabilidade, agora é a hora do novo contrato de prestação de serviços. O novo escritório deverá elaborar o contrato com todos os serviços a serem executados.

Passo a passo para mudança de contador

3º Repasse as informações para o novo contador

Agora que o contrato está assinado e vigente, é preciso que a empresa repasse alguns dados para o novo escritório.

Antes de começar os serviços da nova empresa, o seu novo contador precisará de algumas informações e documentações importantes, por isso, separamos os principais itens que devem ser entregues para o novo escritório.

  1. Dados gerais: O seu novo contador precisará de informações sobre a empresa e sobre você. Por isso, forneça os dados da empresa, dos sócios e até os seus pessoais.
  2. Senhas: A senha web é uma assinatura online grátis que a sua empresa possui na prefeitura. E é por meio delas que o contador pode verificar as notas emitidas e validar as informações de recebimento.
  3. Código do Simples Nacional: Se a sua empresa é optante pelo Simples Nacional, é necessário que o novo contador tenha acesso às funcionalidades do Simples. Por isso, peça ao seu antigo contador o código do Simples Nacional.
  4. Contrato Social ou Requerimento de Empresário: Na abertura de uma empresa é gerado um Contrato Social (LTDA’s e EIRELI’s) e um Requerimento de Empresário (EI). Neste documentos estão contidas as informações sobre a empresa, a parcela de cada sócio é a natureza das atividades da empresa.
  5. Escrituração Contábil: É o registro cronológico das movimentações feitas pela empresa. É um documento muito importante e deve ser entregue ao seu novo contador, como forma, de se inteirar sobre a real situação da empresa
  6. GFIP: Para as empresas que retiram o pró-labore, este é o um documento obrigatório, sendo assim, é de extrema importância que a antiga contabilidade passe as informações sobre o último GFIP que foi gerado.

Mudar de contador

4º Exija um levantamento de irregularidades

Depois de entregue todos os documentos e informações, a empresa pode e deve pedir ao seu novo contador um levantamento de possíveis irregularidades. Serão apresentadas, se for o caso, débitos municipais, estaduais ou federais da empresa.

Dessa forma, a empresa e o novo contador estarão cientes desses débitos e irão buscar formas de quitá-las.

Você ainda está com dúvida sobre mudança de contador? Tire agora todas as suas dúvidas