Veja todos os passos para abrir uma empresa

Posted by Lilianne Cristina on 03/02/2020 16:48:06

16020-1

Abrir um negócio lucrativo é o sonho de muitos brasileiros, porém só de imaginar a burocracia já espanta muitas pessoas. Nós da Marbo entendemos o que se passa na cabeça do empreendedor e por isso, criamos esse artigo com todos os passos e dúvidas na abertura de uma empresa.

 

O inicio de um negócio exige muito tempo, mas, é uma tarefa relativamente simples, principalmente se você entender as etapas necessárias.

 

O que você irá ver:

  • O que devo saber antes de abrir uma empresa?
  • Qual modelo de empresa devo abrir?
  • Quanto custa para abrir uma empresa?
  • É necessário contratar um profissional contábil?
  • Quais são os documentos necessários para iniciar o processo de abertura?
  • Quais são os processos de abertura?
  • Perguntas Frequentes
  • Dicas

 

Com as informações certas e com planejamento, você conseguirá abrir um negócio de maneira rápida e menos burocrática! Então, não vamos perder tempo! 

 

O que devo saber antes de abrir uma empresa?

 

Antes de começar o processo de abertura de empresa é necessário entender alguns pontos relevantes. A intenção é que não seja apenas mais uma ideia e tempo jogado fora. Vale lembrar que esses pontos são fundamentais para que a empresa não venha falir na frente. Então, vamos lá: 

 

Existe um perfil empreendedor?

 

Ser empreendedor no nosso país não é nada fácil, por isso a gente costuma ver casos de pessoas que abandonam seus empregos formais para começar o seu tão sonhado próprio negócio e fracassam! É bastante comum ouvir deles que tinham próprio negócio, e isso é verdade.

 

Se formos analisar o perfil dos maiores e mais bem sucedidos empreendedores da atualidade, vamos encontrar um perfil. Geralmente são pessoas corajosas, proativas, adaptáveis e dispostas a correr riscos calculados!

 

Mas, isso não quer dizer que você deve nascer com essas características, muitos deles, vieram se moldando e aprendendo ao longo de sua jornada empreendedora. Então faça uma auto analise para identificar se esse é o seu perfil. 

 

Vale lembrar: O sucesso ou o fracasso de um negócio está diretamente ligado ao desempenho de seus administradores.


Qual é o mercado que eu quero atuar?

 

Sei que é comum que a maioria dos empresários nesse momento responda: minha empresa vai atender todo o mercado! Errado meu amigo, esse pode ser um fator decisivo para fracasso do seu negócio.

 

Pesquisas apontam que empresas que optam por mercados de nicho estão alcançando melhores resultados e se estabelecendo no mercado e a razão é simples, até óbvia é muito mais fácil se destacar em um mercado mais restrito e como pouca ou as vezes nenhuma concorrência.

 

Existe tempo para dedicação total?

 

Muitos empreendedores sonham em tocar seu negócio, até chegam a estruturar, mas, não conseguem se dedicar a ele exclusivamente ou por estar envolvido em outro projeto que lhe toma bastante do seu tempo ou por estar trabalhando em seu emprego fixo.

 

Acontece que como já dizia o velho ditado '' o que engorda o boi é o olho do dono'', manter o foco nas primeiros passos do seu negócio é primordial. Então seja honesto com você mesmo sobre o quanto pode dedicar nesse negócio.

 

Existe público alvo do meu produto no mercado?

 

Toda empresa precisa nascer de uma necessidade no mercado e essa necessidade deve ser validada através de pesquisas de mercado.

 

Evite deduzir que as pessoas precisam de seu produto ou serviço, verifique as lacunas do mercada, intenções de compra e nichos inexplorados. Seja estratégico nessa etapa, por que ela pode ser uma fator decisivo para o fracasso do seu negócio.

 

Possui um plano de negócios?

 

O Plano de negócios é fundamental para estruturar a sua ideia e viabiliza-la, por isso evite a vontade de pular esse passo e coloque tudo no papel. Você pode encontrar vários modelos na internet ou pode pedir a ajuda de uma profissional para estruturar o seu.

 

Ter esse plano vai te ajudar em várias processos, para conseguir crédito, para abrir capital, para captar investidores, entre outras razões.

 

Tem verba para investir?   

 

Nessa etapa é fundamental contar com ajuda do seu contador,  para fazer as projeções essenciais do seu negócio, como quanto de capital precisa ser investido, você pode até achar que sabe quanto vai precisar investir mas, esse cálculo é muito mais complexo do que você imagina,  envolve a escolha do regime tributário mais favorável para o seu negócio, encontrar o ponto de equilíbrio da sua empresa, cotar fornecedores e mais uma gama de cálculo necessários.     

                   

Defina 

 

  • Metas

Que todo negócio precisa de metas claras todo empreendedor, mas, tão importante como você saber as metas é que toda a equipe saiba as metas da empresa, isso precisa ficar o mais claro possível em todas as escalas. Engajar a equipe faz com que todos trabalhem rumo  resultado específico.

Você pode adotar uma ferramenta para te ajudar nesse processo de definição de metas. As metas S.M.A.R.T são uma excelente maneira estruturar suas metas de forma específica, mensurável, atingível, relevante e temporal.

 

  • Objetivos
  • Custos iniciais
  • Valor reserva, caso ocorra imprevistos você tenha aonde recorrer
  • Regime de tributação, é essencial saber qual será o modelo do seu negócio já que é a partir dele que você verá os valores de impostos e taxas de manutenção por parte dos órgãos públicos

 

Qual modelo de empresa devo abrir?

 

Dentre muitas decisões que devem ser tomadas ao abrir uma empresa, uma das principais é a do modelo/tipo de negócio que vai abrir.  quando surge os formatos como Formato Jurídico, Regime Tributário e Porte da Empresa. Esses modelos são feitos a partir das escolhas das opções das variáveis existentes,  sempre se adequando ao perfil do empreendedor. 

 

É muito importante escolher corretamente o modelo da sua empresa, para que assim você consiga desenvolver e organizar a empresa conforme o faturamento e o objetivo social. Após a definição do nome fantasia, a marca e a identidade visual da empresa. Com ajuda de um contador, o próximo passo é a definição do formato jurídico da empresa.

 

Conheça quais tipos existentes:

Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI)



A EIRELI é a modalidade em que o empresário atua como o único sócio da empresa, com a exceção de que ele não responde com seus bens pessoais as dívidas contraídas pela empresa.



Outra característica é que o Capital Social inicial da empresa não pode ser menor que 100 vezes o salário mínimo vigente. O empresário não pode ter outra empresa EIRELI em seu nome e a empresa não pode ser vendida ou transferida - salvo em casos de decisão judicial ou testamento.



Empresário Individual (EI)

 

O Empresário Individual (EI) segue os moldes de uma EIRELI, o empresário é único sócio da empresa. Além disso, como um profissional pode constituir uma empresa não é preciso ter um mínimo de Capital Social. A única exceção é que o EI responde pelas dívidas da empresa, já que não é possível fazer a distinção entre esses os dois tipos de patrimônio - Pessoal e Empresarial.



Outra característica é o uso obrigatório do nome da Pessoa Física responsável pela empresa na razão social da empresa, mesmo que ela possa usar outro nome fantasia.



Sociedade Empresária Limitada

 

É uma modalidade de empresa formado por mais de um sócio. Uma característica das Sociedade Limitada é que a responsabilidade dos sócios é restrita ao valor do Capital Social. As empresas de Sociedade Limitada são as modalidades jurídicas mais comuns no Brasil, além disso, elas são comumente identificadas com “Ltda” na razão social.



Microempresa Individual (MEI)

 

O MEI - Microempreendedor Individual - é um programa criado pelo Governo Federal com objetivo de regularizar aqueles que atuam de forma autônoma. O custo mensal é de R$ 50,00 e não é necessário manter contabilidade. 

 

O MEI tem como característica ser mais limitado em relação às atividades não permitidas, como por exemplo, é vetado a opção por profissionais regulamentados e atividades intelectuais, como: médicos, advogados, publicitários, entre outros).

 

Porte da empresa

 

Nessa etapa quem comanda é o faturamento, isso porque é ele que irá definir o tamanho do seu empreendimento. Nesse contexto existe os enquadramentos das empresa, os dois modelos mais conhecidos são ME (Microempresa) e a EPP (Empresa de Pequeno Porte).

 

  • ME: Empresas que faturam na faixa de até R$ 360 mil por ano, empresas conhecidas por serem de pequena dimensão.
  • EPP: Empresas que possuem receita bruta anual acima de R$ 360 mil e igual ou abaixo de R$ 3.600.000,00, consideradas empresas de pequeno porte.

 


Se a empresa não exerce atividade obstruída pela LC 123/2006, assim como a Microempresa, ela também poderá optar pelo Simples Nacional, regime na qual simplifica o pagamento de impostos.

 

Está com dúvidas?

Vamos te ajudar! 👇

CTA NOVA

Quanto custa para abrir uma empresa?

 

A Firjan, empresa que tem como objetivo desenvolver a competitividade empresarial, divulgou uma pesquisa na qual define o custo médio de abertura de empresa em R$ 2.038, podendo ter uma variação de até 274% entre os diferente municípios do Brasil.

 

Porém, existe despesas indiretas que pesam na hora da definição do valor. Despesas como aluguel ou reformas, funcionários dentre outros requisitos.

 

Isso tudo ocorre antes mesmo do inicio das operações no negócio. Porém é necessário que o ponto comercial já exista isso porque o zonamento da cidade pode impedir o exercícios de determinadas atividades, já que nesses estabelecimentos ocorre a fiscalização dos órgãos de regulação.

 

É necessário contratar um profissional contábil?

 

Não é preciso ter um contador para abrir uma empresa porém é recomendado. De acordo com o Conselho Regional de Contabilidade que é responsável pela fiscalização dos profissionais da área, é preciso que as empresas tenham um acompanhamento de um contador em suas movimentações.

 

Diante disso, todo negócio precisa ter um contador ou uma empresa de contabilidade para manter a plena manutenção. É fundamental que tenha um profissional contábil para o auxilio na hora da abertura da empresa.

 

No caso do MEI não é obrigado a ter um contador, isso se enquadra para empresas que não ultrapassem R$ 81.000,00 de faturamento anual. Isso porque arrecadação dos valores mensais ocorrem pela declaração de faturamento, através do Simples.

 

Mas, o empreendedor pode ser tributado a partir do momento que o valor passar dos 32% do seu lucro, caso ele tenha contabilidade esse tributo é dispensável.

 

Quais são os documentos necessários para iniciar o processo de abertura?

 

Antes de iniciar toda operação da empresa é preciso ficar nos conformes e formalizar as documentações da empresa, e para que isso venha ocorrer é necessário  ter os seguintes documentos:  

 

Documentação necessária e dos sócios 

- Cópia autenticada do RG;
- Cópia autenticada do CPF;
- Cópia de comprovante de endereço;
- Cópia de certidão de casamento;
- Pesquisa de situação fiscal e cadastral (disponível no site da Receita Federal).


Documentos necessários da empresa

- Comprovante de endereço do local onde funcionará a empresa;
- Espelho de carnê do IPTU (onde consta a metragem e valor do venal do imóvel);
- Ato de visto do Corpo de Bombeiro;

Quais documentos pessoais preciso para abrir minha empresa?

  • RG e CPF autenticados (Carteira Nacional de Habilitação também é válido);
  • Comprovante de endereços;
  • Se casado (a), Certidão de Casamento;
  • Comprovante de endereço residencial;
  • Comprovante de endereço da empresa.

Se você não tiver algum desses documentos acarretará no atraso do processo de abertura da empresa. Vale lembrar que para cada categoria de empresa será necessário uma autorização distinta. Tome cuidado, a legislação do município e do estado onde sua empresa será instalada também pode exigir inscrições específicas. Por isso, é importante consultar um contador que conheça a legislação local.

 

Quais são os processos de abertura?

 

Para facilitar esse processo importante pra todo empreendedor, reunimos todos os documentos necessários para abrir um empreendimento.

 

Registrando a marca

 

Um dos primeiros passo a pensar em abrir sua empresa é o registro da marca. Após a criação de toda a marca e identidade visual da empresa, verifique junto ao Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI) se é possível registrar a sua marca.



Além disso, verifique se não há nenhuma pendência na Receita Federal ou nos sistemas da Junta Comercial no nome dos sócios da empresa. Se possuir algum impedimento, regularize a situação o quanto antes.


Outro cuidado necessário é sobre a situação do imóvel que está sendo comprado ou alugado para sediar a empresa. Esteja atento também a licenças ambientais e os registros no Corpo Bombeiro, Vigilância Sanitária, na Junta Comercial de sua cidade.

 

Quanto custa abrir uma empresa?

 

Os honorários e as taxas do Governo para abertura podem variar conforme a cidade e atividade da empresa. Normalmente, os valores dos honorários contábeis variam entre R$ 800,00 até R$ 2.000,00.

 

Calculadora de ROI (2)


Por exemplo, as taxas do Governo de Goiás (Junta Comercial + Prefeitura) variam entre R$ 150,00 até R$ 800,00.


Definindo o regime tributário

 

O regime tributário é um dos passos mais importantes para o sucesso de uma empresa. Quando a opção não for feita de forma correta, a empresa poderá começar a pagar mais impostos do que o necessário.



Há três tipos de regimes tributários: Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real. Conheça mais sobre este regimes tributários nesse artigo.

 

Processo de abertura Definido o seu contrato social

 

O contrato social é o documento que definirá a participação de capital de cada um dos sócios da empresa, assim como definirá quais serão as atividades exercidas pela empresa e o seu funcionamento.


Após a elaboração do documento, o passo seguinte é ser reconhecido em cartório e assinado por um advogado. Como obter o CNPJ O Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) representa a identidade da empresa. É obrigatório a obtenção do CNPJ para que as empresas possam exercer suas atividades.

 

O processo de solicitação do CNPJ pode ser realizado no sistema da Secretaria da Receita Federal. Com o CNPJ em mãos é hora da escolha da atividade e o setor que a empresa estará inserida.


Inscrição Municipal

 

A inscrição municipal é um documento de identificação de uma empresa e que autoriza o seu funcionamento em um determinado município.
É um documento de extrema importância para que se possa, por exemplo, emitir notas fiscais. Em alguns municípios a inscrição municipal é gerada automaticamente no momento em que há registro junto a Junta Comercial.


Inscrição Estadual

 

Para as empresas que atuam no setor comércio e fabricação devem obter a inscrição estadual. As empresas que prestam serviços de comunicação, energia e transporte também necessitam obter a inscrição estadual.



Outras atividades também necessitam, por isso é importante consultar junto ao seu contador se a atividade pretendida necessita ou não a obtenção da inscrição estadual.


Alvará de funcionamento

 

Este documento é obtido na Prefeitura e é com ele que será autorizado o funcionamento do seu negócio. Para isso, verifique junto a Prefeitura da cidade em que a empresa está inserida se o local atende às condições exigidas por lei para exercer a atividade de sua empresa.

Licenças e inscrições nos órgãos de regulação estaduais e municipais: Dependendo da atividade, a localidade e o porte da empresa serão necessária vistoria de órgãos específicos para que se obtenha o alvará de funcionamento. Algumas licenças e inscrições que são exigidas:



Licença Ambiental: É obtida em órgãos municipais e estaduais de meio ambiente e no IBAMA. É uma licença normalmente para empresas que exercem atividade industrial, mecânica, têxtil, química, de calçados, agropecuárias, entre outras.



Licença Sanitária: Pode ser obtida em órgãos Municipais, Estaduais e Federais de vigilância sanitária. Empresas que atuam no setor de alimentação, medicamentos e cosméticos.



Vistoria de cumprimento das normas de segurança: É realizada pelo Corpo de Bombeiros e é normalmente exigida para as empresas estão sujeitas.



Além dessas inscrições e licenças municipais e estaduais, algumas atividades podem exigir inscrições em órgãos federais, como o ministério do turismo, o ministério da agricultura, pecuária e abastecimento, polícia federal, entre outros. 


Perguntas Frequentes

 

Preciso pagar alguma taxa de abertura?                                             

Sim, as taxas da Junta Comercial e Prefeitura são de responsabilidade do cliente contratante.

 

Quanto tempo demora em média para abrir sua empresa?                                  

Em média o processo de abertura de empresa pode variar entre 20 a 45 dias. Será dado todo o suporte no processo de abertura.

 

Eu não tenho endereço, posso registrar minha empresa em endereço residencial?

Isso não é padronizado no Brasil. A maior parte das prefeituras permitem o registro de empresas prestadoras de serviços sem funcionários e sem atendimento ao público em endereço residenciais. 

 

Dica

Para te ajudar em todos esses processos, trouxemos algumas dicas valiosas para abertura do seu negócio. Há quem pense que essa etapa é ignorável, a validação da ideia tem um papel fundamental em um empresa, pois deve se tomar cuidado em relação ao que pretende desenvolver. Essa etapa, envolve alguns requisito são eles:

 

  • Crie um perfil do seu cliente (sexo, idade, renda) e a jornada de compra;
  • Busque entender as fraquezas do seu cliente
  • Faça a mensuração do seu produto e do quão ele impactará o seu consumidor;
  • Entenda o mercado, veja os fatores positivos e negativos desse nicho.

 

A Marbo Contábil tem uma equipe pronta para te atender no processo de abertura, se você quiser saber mais informações ou tirar dúvidas é só enviar sua mensagem na central de ajuda, que está ao canto inferior direito dessa página.

 

LEIA O PRÓXIMO ARTIGO 👇

''Você sabe o que é fluxo de caixa? Faça um controle inteligente!'' →

 

Abraço do time Marbo Contábil! 💛

 

 

Topics: Negócios

Assine agora