Vendas online e o risco de Chargeback

Posted by Luiz Paulo Castro on 17 de out de 2019 13:00:00
Luiz Paulo Castro


chargeback

O Chargeback é motivo de muitas dores de cabeça para os empreendedores, aprender a controla-lo é importante para evitar riscos sobre as vendas do seu negócio. Compreenda o que é chargeback e porque ele pode afetar o crescimento da empresa. Grande parte dos chargeback ocorrem por desconhecimento de valores, nomes ou fraudes que foram constatados na fatura da compra do cliente. 

O que você verá neste artigo:

  • Risco de vendas online
  • O que é chargeback
  • Impacto do chargeback nas vendas
  • Os mais comuns chargeback
  • Como controlar o chargeback
  • Reapresentação de chargeback
  • Conclusão

Risco de vendas online

A internet não é a mesma comparada a de 10 anos atrás e com certeza não será a mesma daqui a 10 anos. Vender online tem suas vantagens e riscos, um dos mais preocupantes é o vazamento de dados. Muitas empresas reconhecidas mundialmente já enfrentaram sérios problemas por vazamento de dados dos seus clientes como CPF, endereço, telefone, email, número de cartões e até mesmo as senhas. Portanto, é necessário investir em um software de segurança. 

Os risco não estão limitados apenas ao vazamento de dados dos clientes, a concorrência é cada vez maior na internet. As empresas buscam oferecer um diferencial acompanhada de inovação para usufruir do produto ou serviço que é oferecido. Existiram empresas reconhecidas que faliram por não se reinventarem e inovarem a forma como oferecem seus serviços e produtos e se adaptarem as inovações tecnológicas como Kodak, Orkut e Pan American World Airways.

"Oferecer o básico como antes não é o suficiente nos dias de hoje!"

O que é Chargeback?

Chargeback, vem do termo em inglês que popularmente é conhecido no Brasil como "estorno". O estorno, pode ser solicitado pelo consumidor ou pelo estabelecimento que percebeu algum tipo de erro na compra que não foi bem sucedida, devolvendo o valor do crédito ao consumidor. Os estornos mais comuns são nas vendas online que ocorrem pelo não recebimento do produto. Todos os pedidos de estorno são analisados para que as pessoas não hajam de má fé.

Impacto do Chargeback nas vendas

Se o impacto do chargeback nas vendas for com frequência, a empresa precisa tomar muito cuidado por que poderá afetar na previsão e no controle financeiro dela, o faturamento final será inferior ao esperado no planejamento. A empresa fica no prejuízo por ter perdido dinheiro e o produto. Além de outros problemas que podem surgir como de logística, taxas de envios, notas fiscais, etc. É necessário descobrir onde está o erro para não perder dinheiro com os estornos de cartões. 

BANNER (6)

Os mais comuns Chargeback

Quero deixar algo claro, os Chargeback irão acontecer não tem como evita-lós 100% na sua empresa, em algum momento você irá lidar com ele. Contudo, grande maioria podem serem evitados. 

Chargeback

 

Valor alterado a ser cobrado: Esse erro acontece frequentemente, mas é um dos mais fáceis de serem prevenidos, ocorre muito pelo acréscimo do digito zero a mais na compra. Uma compra que vale R$100,00 pode se tornar em R$1.000,00. O que pode ser feito aqui é prestar mais atenção aos números para evitar com que o erro aconteça novamente. Revise o valor da compra! 

Fraude amigável: Em outras palavras acontece quando a pessoa não reconhece o nome do estacionamento na fatura, para evitar isso certifique-se de que a empresa esteja com o nome fantasia correto na emissão de notas. 

Fraude deliberada: Um dos mais perigosos chargeback, pois geram grandes prejuízos para o estabelecimento. Isso ocorre quando pessoas ou quadrilhas são especializadas em roubos de dados para realizarem compras em nome de terceiros sem o consentimento da pessoa. O roubo dos dados acontece de várias maneiras podendo acontecer inclusive em um simples ato de abertura de email no seu celular ou em um anúncio na Internet que foi especialmente desenvolvido para roubo de dados.

Mercadoria não recebida: O estorno de mercadoria não recebida acontece com frequência, principalmente nas lojas que vendem seus produtos online. O mesmo ocorre quando o produto não chega ao consumidor mesmo depois de ter entrado em contato com a empresa para saber o motivo. O cliente solicita a devolução do crédito ou do dinheiro por não ter recebido a mercadoria. 

Auto fraude: Acontece quando a pessoa realiza a compra, recebe a mercadoria mas, alega a administradora não ter realizado a compra, o motivo é o desconhecimento da compra. Levando o prejuízo para a empresa que perderá dinheiro e o produto.

Não faça isso! 

giphy no

 

Como controlar o chargeback

Ter um grande volume de chargeback prejudica o controle financeiro da sua empresa, portanto controla-lo é importantíssimo para  não prejudicar a imagem, reputação e saúde financeira do seu negócio. Fazer investimentos na gestão financeira e usufruir da tecnologia para auxiliar a diminuir esses riscos são algumas das alternativas que podem ser adotadas nas empresas.
Você sabe como estão os retornos sobre o investimento da sua empresa?
Descubra com a nossa calculadora, baixe é GRÁTIS!

chargeback

 

Deve-se fazer o registro de todos os chargeback que acontecerem na empresa. Ter o registro facilita descobrir o motivo que os levou a acontecer, como disse antes muitos podem ser evitados.  Se o problema for fraude invista em ferramentas de ante fraude, se a grande dor for o não recebimento dos produtos invista em logística. Procure descobrir como evitar o problema e investir na solução para a empresa e para o cliente.

Reapresentação de chargeback

Quando uma empresa recebe um chargeback automaticamente é enviado no email do estabelecimento os documentos necessários para fazer a reapresentação. Nada mais é do que a defesa da empresa contra a contestação do cliente, está incluso no email a lista de documentos necessários para a empresa montar a sua defesa, é necessário juntar o máximo de detalhes dos documentos possíveis sobre a compra do cliente que solicitou o estorno junto com os seus dados. Para que seja encaminhado para a bandeira do banco onde será feito a análise, a operadora do cartão têm até 120 dias para retornar com uma resposta sobre o pedido de chargeback. 

Conclusão

O chargeback pode acontecer em qualquer empresa, raramente eles não acontecem. Agora, que você sabe quais são os principais modelos de chargeback fica mais fácil evita-lós para que não prejudiquem o controle financeiro da empresa. Investir em logística e tecnologias ante fraude ajudam a diminuir os estornos da empresa. Busque manter a boa reputação da empresa e concluir todos os processos, não perca dinheiro atoa se a razão estiver com você!

O mais importante, é ter alguém qualificado e que seja capaz de lidar com os estornos dentro da sua empresa, sempre realizar a checagem dos números no ato das confirmações das compras para que não precise realizar um chargeback de valor alterado. Lembre-se de armazenar o históricos de chargeback da empresa para fazer comparações e analisar onde pode ser melhorado. 

Gostou deste artigo? Você irá adorar ler esse também 👇

"Taxas ocultas e maiores problemas por trás do Cartão de Crédito"

Abraço do time Marbo! 💛

Topics: Negócios

Assine agora