Você sabe o que é fluxo de caixa? Faça um controle inteligente!

Posted by Luiz Paulo Castro on 17/09/2019 14:20:24
Luiz Paulo Castro
Find me on:

 

Neste artigo você compreenderá o que é fluxo de caixa e como fazer um controle inteligente na sua empresa. Foram abordados desde o que é fluxo de caixa, como fazer um controle, exemplos de fluxo de caixa e ainda uma planilha de controle de fluxo de caixa para você baixar.

ibrahim-rifath-OApHds2yEGQ-unsplash-1

O que você verá neste artigo:

  • O que é fluxo de caixa?
  • As características do fluxo de caixa
  • Tipos de fluxo de caixa
  • Como fazer um controle inteligente?

As características do fluxo de caixa

  • No fluxo de caixa você poderá antecipar os riscos;
  • Observar outras opções de investimentos;
  • Acompanhar o andamento da sua empresa;
  • Fazer o direcionamento para novas oportunidades;
  • Planejar resultados para o futuro baseado no presente;
  • Apontar origem dos problemas financeiros na sua empresa;
  • Armazenar informações importantes sobre as finanças da empresa.

O que é fluxo de caixa?

O fluxo de caixa é conhecido por ser uma ferramenta de automação nas empresas, ele é um auxiliador em grandes paramentos empresariais, sua função é controlar os recebidos e pagamentos. O fluxo de caixa possibilita fazer inúmeras coisas com esta ferramenta contábil, uma das suas principais características é pode acompanhar todas as suas movimentações empresariais, além de poder controlar as finanças através dele é possível acompanhar os investimentos e os rendimentos, famosos lucros.

O fluxo de caixa  permite ter uma projeção dos seus lucros em um determinado período que desejar, para realizar essa projeção sempre é recomendado o apoio de  um profissional especializado no ramo. Para ser definido em poucas palavras o fluxo de caixa é uma ferramenta que permite ter acesso a todas as movimentações financeiras da organização.

Tipos de fluxo de caixa

  • Fluxo de caixa projetado
  • Fluxo de caixa operacional
  • Fluxo de caixa direto
  • Fluxo de caixa indireto
  • Fluxo de caixa livre
  • Fluxo de caixa para investimentos

Fluxo de caixa projetado

O fluxo de caixa projetado tem com função observar com antecedência as receitas e despesas que viram no futuro, é uma excelente forma de manter o equilíbrio  no orçamento traçado no lá no planejamento. Fazer esse controle de fluxo de caixa projetado é garantia de manter atualizado todos os prazos das contas que  a serem pagas e a receber pela organização. Lembre-se que é adequado sempre ficar de olho para não ser pego desprevenido e ter surpresas inesperadas. É um caixa e deverá ser levado a serio!

CTA NOVA

Fluxo de caixa operacional

O fluxo de caixa operacional, é fundamental para o seu negocio pois a função dele é de trazer para você como empresario o levantamento das suas receitas em especie e das suas despesas empresariais. Esse tipo de fluxo de caixa é responsável pela manutenção do estoque e do abastecimento, ele faz os pagamentos dos colaboradores e etc. O operacional não atua em áreas de juros e impostos isso ficará para outro caixa.

Fluxo de caixa direto

Esse tipo de caixa funciona diferentemente do fluxo de caixa operacional, neste caixa você poderá consultar diariamente todas as realizações de caixa feitas na sua empresa, desde as suas entradas as suas saídas. Toda instituição deve adotar esse meio de caixa pois ele é fundamental na saúde financeira da sua empresa.

Fluxo de caixa indireto

Esse tipo de caixa, conhecido como fluxo de caixa indireto tem como função gerar um diagnostico diferenciado sobre os impactos que ocorrem no caixa de um organização em um determinado período.

Esse diagnostico oferecido inicia-se a partir do lucro liquido da instituição. Imagine o cenário onde as contas da Demonstração de Resultado de Exercício conhecido mais como DRE, seriam efetuadas tantos os pagamentos quando os recebimentos no período. Após esse cenário é possível identificar na Demonstração de Resultado de Exercício todas as contas que não teriam interferência no caixa e excluir as mesma que não teriam impacto no lucro. Já falamos nesse post do blog sobre Balanço Patrimonial, através deve em seguida poder realizar ajustes finais nas movimentações do caixa da sua empresa.

Clique aqui para ler mais sobre DRE (Demonstração de Resultado de Exercício)

Clique aqui para ler mais sobre o Balanço Patrimonial

Fluxo de caixa livre

Você em algum momento já ouviu alguém dizer sobre o que é o Fluxo de Caixa Livre ou até mesmo conhecido como FCL? Bom, explicarei para você leitor o que é o Fluxo de Caixa Livre. Para ser mais direto e objetivo vou resumir em poucas palavras o seu significado, ele é o montante de dinheiro que restou em um determinada organização após ter concluído todos os seus pagamentos empresariais, tais como fornecedores, salários, aluguel etc.. Ele é o que permanece no seu caixa operacional livremente após ter concluído todos os pagamentos de seus gastos.

 

Esse montante de dinheiro que sobrou no seu caixa é ser livre utilizar da forma que quiser, mas tenha cautela para não usufruir de maneira inadequada. Procure realizar investimentos ou fazer compras de algo que sua empresa realmente precise. Se esse não for o caso procure guarda-lo numa reserva de emergência para ser utilizado quando um imprevisto acontecer. Afinal de contas dinheiro bem guardado será bem utilizado.

O importante nesta etapa é decidir um destino para esse dinheiro que sobrou livremente na sua instituição.

Fluxo de caixa para investimentos

Como o próprio nome diz, esse tipo de caixa é responsável por realizar os investimentos da empresa e ao mesmo tempo controlar e decidir o que será ou não investido.

Imagine que bagunça retirar qualquer parte do orçamento da sua empresa e decidir com ele comprar um novo computador sem ao menos traçar um planejamento estratégico financeiro. Então, é aqui que o fluxo de caixa de investimento atua, ele será o responsável por administrar adequadamente essa verba destinada aos investimentos empresariais. Ele se localiza nos demonstrativos de fluxo e caixa da instituição.

Geralmente esse cenário é gerenciado por uma pessoa especializada no ramo, o profissional de investimentos irá analisar e avaliar o quanto a empresa gasta com as suas despesas empresariais de capital. Isso inclui desde a compra de novos aparelhos que irão auxiliar nas tarefas diárias da organização.

No demonstração do fluxo de caixa de investimentos é possível analisar quais são as despesas ativas fixas que sua empresa tem que arcar todos os respectivos meses. Um coisa precisa ficar clara, todas essas despesas fixas deverão ser lançadas como negativas já que as mesmas representam gastos empresariais na sua organização levando a diminuição de valores dentro do seu caixa.

Como fazer um controle inteligente?

1° Passo:

Para fazer um controle inteligente na sua empresa primeiramente você precisa conhecer muito bem sua empresa. Saber em primeiro lugar quem são as pessoas que trabalham com você e o que elas fazem. Você precisa saber quais são e o que fazem todos os departamentos da sua empresa e claro sempre estar de portas abertas para ser criticado. Afinal de contas uma empresa não se constrói sozinha, você precisa de pessoas, você precisa de um time. Então dê valor aos seus colaboradores!

2° Passo:

Após conhecer muito bem o time com quem você trabalha chegou a hora de decidir quais fluxos de caixa são necessários para sua empresa . Caso sua instituição precisar de todos, ótimo, faça todos eles. Caso ela só precise de alguns, bom escolha com cautela os que serão utilizados, lembrando que é sempre bom consultar a visão de um especialista da área para definir isso.

3° Passo:

Defina um objetivo, de nada adianta abordar um fluxo de caixa se não houver um objetivo por trás. E objetivos devem ser mensuráveis, como por exemplo: Quanto você pretende ter em entradas no caixa da sua empresa? Quanto de lucro liquido deseja ter ao final do mês? Quais serão as estratégias para alcançar esse objetivo? Existem metas a serem cumpridas? Quais? Quanto será destinado aos investimentos empresariais?

Essas são perguntas básicas que devem ser respondidas para um bom controle financeiro na sua empresa.

4° Passo:

Planilha de fluxo de caixa, é claro que eu não poderia deixar esse de fora. Provavelmente você usa ou já ouviu falar sobre as planilhas de fluxo de caixa? Caso não, elas são fundamentais no seu controle apesar que já existem outras alternativas como softwares e a Marbo Contábil poderá te ajudar também. Vamos disponibilizar  para download uma planilha de fluxo de caixa abaixo.

 

Na planilha é possível fazer o controle das suas entradas e saídas, tais como fornecedores, aluguel, 13° salário, férias, pagamentos, recebimentos entre outros. A planilha de controle do Fluxo de Caixa está bem completa.

Tenho certeza que depois desse artigo completo sobre o que é fluxo de caixa, suas características, passos fundamentais para elaborar um bom controle de fluxo de caixa você não terá mais dificuldade em realizar uma estruturação de qualidade no caixa da sua organização.

Gostou deste artigo? Tenho certeza que gostará deste também: Contabilidade: necessidade ou exagero?

Abraço! 💛

Topics: contabilidade

Assine agora